Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 13 de maio de 2011

A maior de todas as ambições é a ambição de ser.  Ser quem eu sou e tudo o que sou. Todas as possibilidades, as sombras, as deusas. Caminhos e descaminhos. Os monstros que há em mim e me assustam. O descontrole. A fúria. A beleza em cada deslize. O riso frouxo, a rigidez, o erro, a mácula. A nobreza. O pó. O amor possível e o impossível. A brisa. A Lua depois do Sol, e antes. O ar fresco da manhã em meu rosto.  As marcas, o tempo. Ódio e desejo. O pão nosso de cada dia. A dor e a delícia. A solidão.  A flor, a náusea, a multidão que me habita.

.

.

O RISO E A FACA

Tom Zé

.

Quero ser o riso e o dente
Quero ser o dente e a faca
Quero ser a faca e o corte
Em um só beijo vermelho

Fiz meu berço na viração
Eu só descanso na tempestade
Só adormeço no furacão

Eu sou a raiva e a vacina
Procura de pecado e conselho
Espaço entre a dor e o consolo
A briga entre a luz e o espelho

.

Anúncios

Read Full Post »